O amor de Deus para o pecador

Introdução

O amor de Deus para o pecador é o amor agape (amor incondicional) por isso Davi disse, Salmos 144:3 SENHOR, que é o homem para que dele tomes conhecimento? E o filho do homem, para que o estimes?

Ainda que não possamos compreender o mistério desse amor, podemos orar como o apóstolo Paulo: Efés. 3:17-19 e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor, 18  a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade 19  e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus..

Algumas coisas no homem, causa do amor divino.

1 – O homem, apesar de decaído, traz mesmo ofuscada por causa do pecado, a imagem de Deus: inteligência, emoção, vontade.

a) De todas as criaturas terrestres, somente o homem foi criado à semelhança de Deus. – Gên. 1:26. Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança,,,,

b) O homem apesar de caído, tem um parentesco com Deus. – Gên. 9:6; Se alguém derramar o sangue do homem, pelo homem se derramará o seu; porque Deus fez o homem segundo a sua imagem. e Atos 17:26-29. v.26 de um só fez toda a raça humana para habitar sobre toda a face da terra, havendo fixado os tempos previamente estabelecidos e os limites da sua habitação; 27 para buscarem a Deus se, porventura, tateando, o possam achar, bem que não está longe de cada um de nós; 28 pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como alguns dos vossos poetas têm dito: Porque dele também somos geração. 29 Sendo, pois, geração de Deus, não devemos pensar que a divindade é semelhante ao ouro, à prata ou à pedra, trabalhados pela arte e imaginação do homem.

c) Nem todos são filhos de Deus. – João 8:42-44. v.42 Replicou-lhes Jesus: Se Deus fosse, de fato, vosso pai, certamente, me havíeis de amar; porque eu vim de Deus e aqui estou; pois não vim de mim mesmo, mas ele me enviou. 43 Qual a razão por que não compreendeis a minha linguagem? É porque sois incapazes de ouvir a minha palavra. 44 Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.

d) Por natureza os homens são filhos da ira. – Efés. 2:3. entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais.

e) Somente os que renascem (João 3:5) Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. E recebem a Cristo é que são filhos de Deus. – João 1:12 -13. v.12 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; 13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

O homem, por estar perdido, necessita do auxílio de Deus.

a) As três parábolas sobre a moeda, a ovelha e o filho pródigo revelam-nos a ternura de Deus para com o homem perdido. – Luc. 15.

Mantenha a seta do mouse sobre as fotos abaixo para ler a parábola.

O amor de Deus para o pecador - A procura da ovelha que se perdeuEncontrando a dracma perdidaA volta do filho prodigo

 

 

 

 

b) Deus não lhe nega esse – Rom. 5:6-9. v.6 Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. 7 Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer. 8 Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. 9 Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.

O amor de Deus para o pecador faz conque o homem, embora corrompido, é capaz de ser preparado para o céu.

a) Deus opera no homem porque sabe sua capacidade de atingir as coisas celestiais, e por isso mandou-lhe um Salvador perfeito para o levar à glória celeste. – Heb. 2:10. Porque convinha que aquele, por cuja causa e por quem todas as coisas existem, conduzindo muitos filhos à glória, aperfeiçoasse, por meio de sofrimentos, o Autor da salvação deles.

b) É maravilhoso esse – I João 3:1,2. v.1 Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo. 2 Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. 3 E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro.

Continue lendo -> Estudo sobre o filho prodigo recebendo o amor de Deus refletido em seu pai.

 

Deixe Seu Comentário