Recupere o casamento destruído

Excelentes dicas para recuperar o casamento destruído.

Acredito ser este o melhor momento da história da humanidade para se escrever a respeito de casamento, o espírito que mais esta agindo a família é o espírito que tem atingido o casamento e levado os casais a se divorciarem, quando isto acontece não só o casal em si é atingido mas toda família sofre com a ação deste demônio.

Mas porque o casamento se acaba? Será que podemos identificar e diagnosticar as falhas? Onde elas acontecem? Seria possível recomeçar outra vez? seria possível reconstruir um casamento destruído?

Caso você esteja vivendo esta situação ou tem pessoas em seu convívio que esteja neste momento vivendo isto, leia este artigo, Nele colocamos dicas para que você possa começar outra vês que realmente funcionam.

Entender as diferenças.

No casamento é fundamentou entender que, há grande diferença entre pessoas, a forma de pensar educação familiar, crescimento recebendo informações diferentes desde os primeiros entendimentos quando criança, é preciso entender que, na verdade temos que contribuir com o melhor que temos doar e receber o melhor, mas entender que nem sempre o que parece ser o melhor para um é o melhor para o outro, por isso cada vez que quiser doar o melhor antes devemos conversar e apresentar o melhor e perguntar se o parceiro ou parceira deseja receber aquele melhor.

É fundamentou também colocar as cartas na mesa, e as armas colocar de lado no momento da conversa.

As desavenças e brigas surgem muitas vezes exatamente na hora que pensamos em melhorar o relacionamento, devido querer mudar algo que em nossa concepção esta errada.

Ter uma mente aberta é fundamentou e de grande valia para apagar as chamas acesas pela palavra mal dada ou mal entendida na hora da conversa. Buscar o equilíbrio dentro de si mesmo também será como mais uma mangueira a esguichar águas sobre a fogueira que começou a acender.

Uma das coisas que acontecem no casamento e isso principalmente depois de alguns anos de convivência é a perda do primeiro amor, aquele homem romântico que costumava dar flores, enviar cartinhas e surpresas, desaparece do cenário e entra aquela pessoa fria despercebida e desatenta aos encantos de sua amada. De contra partida aquela mulher carinhosa que parecia aceitar tudo numa boa agora dar lugar a uma dominadora cobradora reclamona e chata que quer conta de tudo e nada esta bom.

A vida e as responsabilidades ajudaram a chegar neste estagio.

Com o passar dos anos tendemos a nos depararmos com as responsabilidades e cobranças da vida, os afazeres da mulher e a responsabilidade do homem como provedor protetor e guardador da família trazem muitos desgastes emocionais e consomem suas paciências e a tendência é isso afetar o casamento e a levar os casais a acharem que.

Eu casei com a pessoa errada.

Isso esta ficando pior a cada dia e nunca vai mudar.

Ele ou Ela não me ama mais.

Ele é um cavalo.

Ela só sabe brigar.

Não vou mais suportar esta situação.

Eu já não aguento mais esta pessoa.

Vou pedir o divorcio.

Espere. Este é o melhor momento para uma nova lua de meu! Talvez você esteja achando neste momento que eu estou maluco, mas não sou. o que eu digo provarei que tem lógica, lembra que eu disse um pouco acima que é necessário ter a mente aberta? Então agora faremos uso disto, você com certeza já devem ter passado por isso, você já percebeu que quando acontece uma briguinha entre o casal, e daí acontece a reconciliação parece que aquele amor e renovado, principalmente na cama o negocio fica bem mais gostoso.

Quando paramos um poço para pensar, percebemos que a culpa não é realmente do esposo ou da esposa e sim a própria vida nos imprensa tanto que nos faz perder a paciência um com o outro a ficarmos menos sensível e a ate mesmo culpar um ao outro por isso ou aquilo, é nesta hora que devemos agir de mente aberta. Sentar conversar e decidir dar um tempo, isso mesmo, vamos nos separar, mas não um do outro, e sim nos separar de toda esta situação que esta acabando com nosso casamento, agora vamos programar uma nova lua de mel, vamos dar um jeito, tirar um fim de semana só nos dois, esquecer por um pouco de tempo todas estas responsabilidades e compromissos que estão acabando com a nossa comunhão.

Um fim de semana e ou mais dias a sós, sem pensar Recupere o casamento destruídonos compromissos é uma ótima decisão para começar de novo, nestes dias de lua de mel, procure lembrar dos momentos bons, dos passeios das flores dos carinhos, encha seu amor com palavras bonitas com caricias e elogios, isso Dará um gás para muitos anos de turbulências e manterá a chama do amor aceso e um casamento a prova de divórcio.

Pr. Amauri Arruda

 

Leia também, Um casamento abençoado.

Deixe Seu Comentário