14 fatos para saber quem foi barnabé na Bíblia

14 fatos para saber quem foi barnabé na Bíblia
Continua Após a Publicidade

Barnabé: Um Levita de Chipre

Afinal, quem foi Barnabé na Bíblia? Para responder essa questão, iremos estudar mais aprofundadamente a história de Barnabé, que em príncipio afimamos que era um levita natural de Chipre.

Seu verdadeiro nome era José, mas os apóstolos o apelidaram de Barnabé, que significa “filho do encorajamento”, porque ele adorava encorajar os outros. O nome de Barnabé aparece 23 vezes no livro de Atos e 5 vezes nas cartas de Paulo.

14 Fatos sobre quem foi Barnabé na Bíblia

Origem em Chipre

Atos 4:36 nos mostra o primeiro ponto sobre quem foi Barnabé na Bíblia e nos informa que Barnabé vivia na ilha mediterrânea de Chipre. Provavelmente, ele ouviu o evangelho quando visitou Jerusalém durante o Pentecostes.

Seu verdadeiro nome era José

Continua Após a Publicidade

José é um nome hebraico que significa “ele acrescentará ou aumentará”. Mas, devido à sua notável capacidade de encorajar os outros, os discípulos o apelidaram de Barnabé, que significa “filho do encorajamento”. (Ver Atos 4:36.)

Qume foi Barnabé na Bíblia: Ele Era um levita

Conforme Atos 4:36, podemos entender quem foi Barnabé na Bíblia. Ele pertencia à tribo de Levi. Os levitas eram responsáveis pelos serviços do santuário. Muito provavelmente, Barnabé era um professor da lei em uma sinagoga em Chipre.

Apoiou a Igreja Primitiva

Barnabé vendeu um terreno e “trouxe o dinheiro e o colocou aos pés dos apóstolos” (Atos 4:37). E, para não onerar as igrejas pedindo-lhes apoio, trabalhou para se sustentar enquanto estava no ministério. (Ver 1 Coríntios 9:6.)

Recomendou Paulo

Após a dramática conversão de Paulo, os crentes hesitavam em aceitá-lo porque ele antes perseguia os santos. Barnabé levou Paulo aos apóstolos e o recomendou, contando como Paulo “viu o Senhor na estrada, e que Ele havia falado com ele, e como ele havia pregado ousadamente em Damasco em nome de Jesus” (Atos 9:27).

Era um pregador

Os líderes da Igreja em Jerusalém enviaram Barnabé a Antioquia para fortalecer os membros na fé. Ele os encorajou a “continuar com o Senhor” e “muitas pessoas foram acrescentadas ao Senhor”.

Continua Após a Publicidade

O motivo do grande sucesso e de seu destaque, seu trabalho afirma quem foi Barnabé na Bíblia, pois atuou como pregador sendo ele “um bom homem, cheio do Espírito Santo e de fé” (Atos 11:24).

Trouxe Paulo para Antioquia

Após ministrar em Antioquia, Atos 11:25-26 diz que Barnabé decidiu buscar Paulo, que havia sido enviado a Tarso quando seus inimigos tentaram matá-lo. Quando Barnabé encontrou Paulo, o trouxe para Antioquia, onde trabalharam juntos por um ano inteiro, ensinando o povo.

Modelou Cristo

Por meio do ministério de Barnabé com Paulo, os crentes em Antioquia aprenderam a ser como Jesus em suas palavras, ações e conduta geral. De fato, Barnabé e Paulo eram tanto como Cristo, que os primeiros “seguidores de Cristo” foram chamados cristãos pela primeira vez em Antioquia. (Ver Atos 11:26.)

Era confiável

Uma grande fome irrompeu em Jerusalém, e os crentes escolheram enviar ajuda por meio de Barnabé e Paulo. Essa escolha significava o quanto os crentes confiavam em Barnabé e Paulo e que eles entregariam a ajuda conforme o pretendido. (Ver Atos 11:27-30).

Tinha um chamado especial

Atos 13:2-5 mostra quem foi Barnabé na Bíblia e a maneira como o Espírito Santo separou Barnabé e Paulo para um trabalho especial como missionários, enquanto oravam e jejuavam com outros crentes em Antioquia. Após serem ordenados pela imposição de mãos, Barnabé e Paulo partiram em sua primeira viagem missionária juntos.

Veja também: Quem Foi Sula Na Bíblia?

Foi erroneamente chamado de Júpiter

Enquanto estavam em Listra, Barnabé e Paulo curaram um homem aleijado, mas os cidadãos os confundiram com seus deuses, chamando Barnabé de Júpiter e Paulo de Mercúrio. (Ver Atos 14:12.)

Quem foi Barnabé na Bíblia? Era um líder

14 fatos para saber quem foi barnabé na Bíblia
14 fatos para saber quem foi barnabé na Bíblia

Barnabé estava entre os delegados que participaram do concílio de Jerusalém para discutir como integrar os novos crentes gentios na Igreja Primitiva. Na verdade, Atos 15:12 mostra quem foi Barnabé na Bíblia e como ele e Paulo compartilharam seu testemunho do trabalho de Deus entre os gentios.

Era um mentor

Na segunda viagem missionária de Barnabé e Paulo, o primo de Barnabé, chamado João Marcos, quis acompanhá-los. Paulo recusou, pois João Marcos os havia abandonado em sua primeira viagem missionária quando as coisas ficaram difíceis.

Mas Barnabé levou João Marcos e o orientou, enquanto Paulo continuou com Silas. Barnabé fez um excelente trabalho com João Marcos, a ponto de Paulo mais tarde pedir a Timóteo que levasse Marcos até ele, já que ele se tornara útil para ele no ministério. (Ver Colossenses 4:10; Atos 13:5; 15:37-39; 2 Timóteo 4:10.)

Foi influenciado por Pedro

Gálatas 2:13 conta como Barnabé foi influenciado por Pedro a evitar comer com os gentios enquanto estava na Galácia. Isso foi hipocrisia, já que Barnabé sabia que Jesus veio como Salvador para todo o mundo e não apenas para os judeus. Aprendemos que Barnabé era propenso a fraquezas humanas, assim como cada um de nós.

Seja como Barnabé

Em Barnabé, encontramos um excelente exemplo de um mentor cristão. Ele encorajou Paulo e acreditou nele quando ninguém mais confiava após sua conversão. Barnabé também proporcionou a Paulo oportunidades de ministrar em Antioquia e viajou com Paulo em sua primeira viagem missionária.

Barnabé estava até disposto a deixar Paulo avançar enquanto ele seguia para encorajar o próximo mentorando que precisava de seu apoio — João Marcos.

E, para ambos, Paulo e João Marcos, Barnabé fez um excelente trabalho preparando-os para o ministério. De fato, Paulo acabou se tornando mais proeminente que Barnabé e, no final de sua viagem missionária em Atos 15:2, eles não eram mais referidos como Barnabé e Paulo. Em vez disso, eram chamados de Paulo e Barnabé.

Encoraje os outros

Como Barnabé, nós também podemos ser uma fonte de encorajamento para outros em sua jornada pela vida. E, pela graça de Deus, podemos apontá-los para Jesus e ajudá-los a crescer no ministério, assim como outros seguraram nossas mãos em diferentes estágios de nossas próprias vidas.

Continua Após a Publicidade

Deixe um comentário